Banksy colore rua devastada pela guerra de Gaza

Famoso em todo mundo, o artista de rua Banksy, viajou secretamente para a Faixa de Gaza para decorar com suas famosas pinturas e grafites as ruínas do enclave palestino devastado pela última guerra.

As obras transcrevem uma verdadeira critica dele à guerra de 2014, que destruiu ou danificou dezenas de milhares de habitações e matou quase 2.200 palestinos. Do lado israelense, 73 pessoas morreram, quase todas soldados.

Uma de suas pinturas está em meio a uma pilha de escombros, em uma porta abandonado que esconde a imagem de um homem ajoelhado com a cabeça em suas mãos, aparentemente pego em um intenso momento de desespero.

Outra se trata de uma torre de guarda israelense que serve de carrossel para crianças, como em um parque de diversões.

Há ainda um grande mural pintado em uma parede em ruínas, com a imagem de um gato branco com um laço rosa e uma expressão triste e solene, com as patas em uma pilha de escombros.

banksy-gaza-street-art-designboom-01

 

banksy-gaza-street-art-designboom-02

 

banksy-gaza-street-art-designboom-04

 

banksy-gaza-street-art-designboom-05

 

banksy-gaza-street-art-designboom-06

 

banksy-gaza-street-art-designboom-03

 

Informações e fotos: Designboom